No Comment
09h03min PM

BORDEL DE MADAME BOULEVARD É FECHADO
HOJE DE MANHÃ A PROPRIETÁRIA ROSAMARIA SANTOS, MAIS CONHECIDA COMO MADAME BOULEVARD FECHOU O SEU FAMOSO PROSTIBULO LOCALZIADO NA AVENIDA PAULISTA, EM ENTREVISTA ELA DISSE QUE VAI ABANDONAR ESSA VIDA DE PROSTITUTA QUE ELA TEM A MAIS DE 40 ANOS E IRÁ SE DEDICAR MAIS A ELA MESMA.
SEGUNDO MADAME BOULEVARD, ELA IRÁ VENDER O PRÉDIO PARA O NOVO RESTAURANTE DE LEONA WIND, O RESTAURANTE FICA AO LADO DO ANITGO BORDEL E IRÁ INAUGURAR ESSA NOITE, COM PRESENÇA CONFIRMADA DA CANTORA MARIA RITA QUE IRÁ SE APRESENTAR NO LOCAL. MADAME BOULEVARD TAMBÉM PROMETE ESTAR NO EVENTO...

-Você viu a notícia da primeira página de hoje Orfeu, aquele inferninho foi fechado. Disse Marina pegando o jornal que estava na escrivaninha e indo se deitar ao lado de Orfeu.
-Eu fico indignado com essas coisas, como uma mulher nessa idade ainda é prostituta, ela tinha que ter mais vergonha na cara. Disse Orfeu colocando os óculos e preparando-se para ler seu livro.
Um silêncio tomou-se no quarto.
-Eu vou dormir Orfeu, hoje estou com tanto sono, boa noite meu amor. Disse Marina com uma cara meio estranha e beijando Orfeu.
-Boa noite minha querida. Amanhã ou depois de amanhã prometo que irei levar você ao novo restaurante, hoje o Pietro foi, espero que ele aproveite bem.
Pietro havia ido à inauguração do restaurante acompanhado de Fernanda. Desde o incidente do bandido que agrediu ela e o pai dele, os dois se tornaram amigos, e Pietro havia desistido da idéia de voltar a morar no exterior, ele só iria embora assim que os seus pais morressem, porque ai ele não teria motivos para ficar morando no país.

Enquanto isso na casa de Márcia...
-Estou tão envergonhada de estar morando aqui com a senhora dona Márcia. Dizia Amanda preparando uma bela macarronada para aquela noite.
-Não se acanhe minha querida, fique sabendo que você pode ter toda a liberdade comigo, a partir de agora seremos colegas, eu até preparei um quarto pra você, não precisa ficar envergonhada comigo. Disse Márcia ajudando ela a preparar o molho.
-Sabe... Eu não queria esse filho, até já pensei em abortar no começo, mais depois pensei melhor. Sabe... Eu até acho que ele vai mudar muito minha vida, ele já esta mudando, hoje em dia eu vejo as coisas de uma outra forma, parece que eu virei uma adulta de uma hora para a outra, é tão estranho. Disse Amanda.
-Nunca mais pense essas coisas minha querida, eu sei que depois de tudo isso você se separou completamente de seus familiares, mas você tem que pensar que você esta carregando um fruto de amor, não pense mais nisso moçinha. Disse Márcia indignada.

Lá fora Alberto chegava a sua casa, estacionando o carro.
Elizabeth e os meninos estavam lá dentro conversando sobre Amanda, os 3 estavam com medo de Alberto descobrir que ela estava grávida de Pedro.
-Mãe mais tarde eu quero falar com você um assunto particular lá no meu quarto. Disse Matheus rapidamente percebendo que o pai havia chegado.
-Boa noite minha família querida, quero todos vocês prontos em meia hora no máximo, hoje eu vou levar vocês para jantarem em um novo restaurante que inaugurou, a dona é minha amiga e ela garantiu alguns lugares para nós. Disse Alberto entrando em casa todo animado.
Então subam meninos, vão direto para o banho e se troquem rápido. Uau meu amor, que surpresa boa um jantar entre família nessa bela noite. Disse Elizabeth abraçando Alberto.
-Eu sei que o nosso relacionamento não esta lá essas coisas Beth, mas hoje conversando com Leona, a minha amiga, eu decidi que vou começar a mudar completamente e dar mais valor ao que eu tenho. Disse Alberto olhando bem nos olhos de Elizabeth.
-Eu até faço idéia do que você esteja falando, e não quero nem tocar nesses assuntos. A única coisa que eu quero é que você prometa pra mim que irá mudar totalmente, se você mudar eu irei te perdoar pelos seus atos cometidos inconseqüentemente. Disse Elizabeth olhando nos olhos de Alberto assim como ele estava olhando nos olhos dela.
-Eu prometo que irei mudar. Os dois se beijam.
-Agora me deixe ir correndo me trocar, vou colocar o meu melhor vestido e a melhor jóia para essa noite. Disse Elizabeth correndo subindo as escadas.
O celular de Alberto começa a tocar.
-Eu já disse pra você me esquecer, eu já tomei minha decisão. Não adiante você vir com esse álibi pra cima de mim, ele não cola garota, e você não sabe com quem está mexendo, tome muito cuidado comigo, eu te aviso pela última vez se afaste de mim. Alberto desliga o celular furioso.

Na casa de Juliana...
-Amor hoje inaugura o restaurante da Leona, eu sempre quis trabalhar pra essa mulher, eu mandei meu currículo, mas não sei se vou obter alguma resposta. Falava Juliana para Marcelo, os dois estavam sentados no sofá assistindo a novela.
-Quem sabe você consiga arrumar um emprego por lá, você não vai dar certo como dona de casa. Nós sabemos muito bem que a senhorita não consegue ficar parada um minuto, e não combina muito com você ficar aqui dentro se preocupando com a vida dos outros ou então no programa da tarde. Disse Marcelo rindo.
-A gente nem vai pra inauguração hoje né, eu tava tão a fim de conhecer o lugar, mas o problema é o dinheiro.
A campainha toca.
-Oi July, está fim de conhecer o novo restaurante de dona Leona Wind.
Era Elizabeth na porta toda sorridente e produzida, com um belo vestido dourado para a noite, tomara que caia, e uma grande gargantilha de ouro no pescoço.
-Nossa como você esta magnífica Beth. Disse Juliana abrindo a boca de espanto.
-Gostou? Eu fui subir para me trocar e encontre esse vestido lindo, o Alberto que me deu. E Então ta a fim de ir à inauguração com a gente hoje? O Alberto está com 8 VIPS, ele conhece a Leona e pediu para ela, vamos corre pra se arrumar e apresse o Marcelo porque eu sei que ele devagar. Riu Elizabeth. Agora eu vou lá chamar a Amanda na casa da Márcia, quando estiver pronta já entre no seu carro.
-Amor, Amor, a gente pra inauguração. Correu gritando Juliana subindo para o quarto.

Na casa de Márcia...
-Boa noite dona Márcia, vim te convidar pra ir à inauguração do novo restaurante hoje, você esta afim? Disse Elizabeth toda sorridente.
-Infelizmente não tenho como ir, eu to cheio de trabalho pra fazer da imobiliária de alguns clientes meus, afinal é meu último mês trabalhando nesse ramo- Disse Márcia desapontada- Mas a Amanda pode ir em meu lugar.
-É melhor não, o Alberto vai perceber que ela está grávida, afinal 3 meses já da pra se perceber um pouco, ele iria desconfiar.
Amanda chega perto das duas.
-Não posso ir aonde minha sogra? Disse Amanda chegando meio desconfiada.
-O Alberto chamou todos para ir à inauguração do novo restaurante da Paulista, e eu tava falando pra Márcia que se você fosse iria ser perigoso dele desconfiar.
-Ah, mas eu não perco essa inauguração! E Pode deixar que eu vá colocar uma jaqueta e uma calça que disfarce essa barriga de grávida, vou me trocar m um minuto me espere. Disse Amanda subindo bem rápido até o quarto em que ela estava dormindo na casa de Márcia.
Juliana e Marcelo chegam arrumados ao lado de Elizabeth. Juliana estava linda usando um vestido novo, vermelho, que havia ganhado de Marcelo.
-Vamos gente, todos prontos?
-A gente tem que esperar a Amanda, ela vai conosco, reze para que o Alberto não repare na barriga dela. Disse Elizabeth com a mão no peito e uma cara de preocupada.
-Ai Beth, também não precisa se preocupar assim amiga, uma hora ou outra o Alberto vai descobrir que virou avô, até quando vocês vão conseguir esconder essa mentira toda? Disse Márcia.
-Eu sinceramente não sei gente, depois de amanhã ele deverá viajar para o Japão a negócios, quem sabe nesse meio tempo eu consiga resolver melhor os meus problemas, ele deve ficar um mês ou mais tempo, não sei ainda ao certo. Disse Elizabeth olhando para Alberto que estava do outro lado da rua fechando a porta da casa.
-Estou pronta pra festa!Vamos? Disse Amanda chegando toda alegre.
-Amanda é melhor você vir comigo e com o Marcelo no nosso carro, se você quiser pode vir no nosso carro também Márcia. Disse Juliana já pegando na mão de Marcelo indo à direção do carro.
-Não Juli, eu não vou, fique sossegada, boa diversão pra vocês todos. Disse Márcia.
-Então vamos gente, antes que fique tarde. Disse Beth já indo atravessando a calçada, todos se despedem de Márcia que iria ficar sozinha aquela noite, Fernanda.

10h20min PM
Avenida Paulista
Restaurante Wind

Alberto e companhia chegam ao restaurante de Leona, uma enorme fila estava formada em frente ao lugar, o restaurante teve muita divulgação.
-Nossa ainda bem que a gente não vai encarar fila, não é amor? Disse Elizabeth.
-Vamos deixar o carro com o manobrista e avisar que o carro de Marcelo esta conosco.
Marcelo e Alberto deixam o carro na mão dos manobristas e todos descem do carro, chegando à porta do restaurante eles se deparam com Pietro e Fernanda saindo do estabelecimento, os dois estavam de mãos dadas.
-Nossa Beth, olha só quem esta pegando o filhinho da dona Marina. Disse Juliana cutucando Elizabeth. As duas estavam andando mais a frente, enquanto Marcelo e Alberto conversavam lá atrás e os meninos e Amanda estavam conversando de lado.
-Fernanda! Eu não acredito que ela esta namorando o Pietro. Disse Elizabeth de boca aberta.
-Eu vou chamar ela aqui, essa eu quero ver! FERNANDA! Gritou Juliana.
Fernanda não ouviu e foi embora junto com Pietro em seu carro. Depois disso todos entraram no restaurante, que estava ao som delicioso de Maria Rita que estava se apresentando no restaurante, e todos foram direto a suas mesas, sendo dirigidos pela chef Leona.
-Boa noite meus queridos. Cumprimentou Leona dando um selinho em Alberto e Elizabeth.
-Essa é a nossa amiga, a cozinheira chefe, Leona Wind, ela é amiga minha e da Beth desde a infância, a gente se cumprimenta com selinho desde criança. Disse Alberto rindo.
-Desculpe, mas seu namorado não tem ciúmes. Disse Juliana rindo da situação.
Alberto, Elizabeth e Leona riram.
-Eu acho que você quis dizer NAMORADA, não sou muito chegada em homens, se é que você me entende - Disse rindo Leona.
-Gente, eu tenho um monte de pessoas ainda pra receber e daqui a pouco tenho que ir correndo pra cozinha, eu vou mandar os cozinheiros prepararem um prato de entrada pra vocês se servirem, aproveitem bem! Disse Leona indo de volta para a recepção do restaurante.
-Ela é um amor de pessoa! E você Amandinha, comunicou aos seus pais que você iria vir conosco aqui hoje à noite. Perguntou Alberto. Amanda pensou bem rápida e respondeu na hora.
-Sei sim, eu avisei a eles, quando a gente for embora eu dou outra ligada pra eles.
Os garçons serviram vinho e a comida na mesa deles, Alberto se levantou da cadeira segurando uma taça e chamando a atenção de todos que estavam no restaurante e mandando parar a música.
-ATENÇÃO! Eu gostaria de propor um brinde.
-Meu deus, o papai é louco. Disse Pedro envergonhado.
-Um brinde a todos os momentos maravilhosos que a vida nos proporciona, desde uma pequena surpresa até um grande momento esperado. Um brinde a minha amiga de infância, Leona Wind, que sempre esteve ao meu lado nos momentos que eu sempre precisei desabafar, e agora inaugura este belo restaurante, que irá trazer alegrias a ela. Um brinde a minha esposa Elizabeth, que aceitou um novo recomeço comigo, e perdoou os meus erros. Um brinde aos meus amigos e aos da Beth, que sempre estão conosco, fazendo parte direta de nossas vidas. Um brinde aos meus filhos que são o maior tesouro que já conquistei. E para finalizar, um brinde muito especial...
-Um brinde muito especial? O que ele vai brindar a mais? Disse Matheus perguntando a mãe.
-... A uma pessoa que entrou na vida da minha família há exatos 5 meses, e ela está guardando uma coisa que para mim vai ser um sonho realizado...
-Todos na mesa trocam olharem apavorados.
-... Eu vou ser Vovó, e fiquei sabendo de última hora, e foi uma ótima surpresa para mim, então um brinde aos ótimos momentos da vida que eu tenho certeza que todos vocês irão aproveitar essa noite, e se deliciar com o jantar de Leona, uma boa noite e um brinde. Terminou Marcelo tomando o vinho e sendo aplaudido por todos.
Todos na mesa estavam de boca aberta e todos surpresos, ninguém imaginava que Alberto soubesse que Amanda estava grávida. Ninguém pronunciava uma palavra, e todos começaram a comer.

FIM DO CAPITULO
 

This Post has No Comment

Postar um comentário

Postagem mais antiga Postagem mais recente